Sem categoria

/Sem categoria

“Queremos fazer do Portugal Smart Cities Summit um projecto de dimensão internacional”

Quem o diz é o Presidente da Fundação AIP, Jorge Rocha de Matos, no debate de lançamento do evento moderado pelo Director do Expresso, Pedro Santos Guerreiro, que decorreu dia 20 de Fevereiro, pelas 15h30, na Fundação AIP. O Portugal Smart Cities Summit parte do renaming do evento Green Business Week que este ano sofreu um upgrade qualitativo, tanto ao nível de conteúdos como dos intervenientes/empresas presentes.

Jorge Rocha de Matos começou por referir a importância das parcerias na dimensão qualitativa do evento “Se escolhermos os parceiros certos é possível criar algo de dimensão internacional. Esta é uma cruzada muito importante na modernização do país”.

De 11 a 13 de Abril, ao Centro de Congressos de Lisboa convergirão municípios, empresas, startups, agentes individuais e o meio académico, tudo no mesmo espaço com o único propósito de debater o futuro das nossas cidades. Entre sessões de networking, talks e pitchs, haverá conferências de financiamento e análise de dados, com o cunho da Comissão Europeia.

O objectivo de colocar Portugal no mapa das smart cities é ambicioso mas tem todos os indicadores para ser uma aposta de sucesso, rivalizando com Espanha e França nas iniciativas que se fazem neste âmbito. Miguel Eiras Antunes coordena na Deloitte as equipas dedicadas ao “Future of Mobility” e ao “Future of Cities” e é acérrimo defensor do trabalho já realizado pelos municípios e empresas portuguesas, inclusive a nível global: “É preciso racionalizar o que de bom se faz em Portugal e leva-lo lá para fora. Já assisti a exemplos de projectos de municípios portugueses a serem mostrados globalmente, ao lado de estados como por exemplo Nova Iorque e Califórnia.” Remata dizendo que já há “projectos de excelência feitos em Portugal”.

 

Mobilidade é o tema central do Portugal Smart Cities Summit

A área da mobilidade é o tema central do PSCS 2018 e é também, na opinião geral, a que mais se desenvolverá em Portugal nos próximos anos. Projectos de Drive Now, soluções partilhadas de bicicletas, aplicações de boleias partilhadas, aplicações de soluções multimodais, tudo isso já se vê um pouco por todo o país.

Ainda assim é importante esclarecer que o PSCS não é dedicado apenas às grandes cidades: “É importante reiterar que não falamos apenas de grandes cidades”, refere o CEO da Altice, Alexandre Fonseca, deixando claro que o conceito de smart cities “enquadra-se no conceito de proximidade”. No fundo, conclui Miguel de Castro Neto, “o objectivo é criar cidades felizes”.

 

 

Análise de dados  e gestão de resíduos em destaque no evento

Para Miguel de Castro Neto, Sub-Director da NOVA IMS, “os dados são o petróleo do século XXI” e as “políticas de dados abertos são passíveis de serem partilhadas e utilizadas para o desenvolvimento de novos produtos ou serviços.” A conferência Urban Analytics, ao abrigo da Comissão Europeia, tratará disso mesmo.

No debate foram referidos exemplos de projectos que já foram implementados no âmbito da gestão de resíduos, como por exemplo, projectos de Viseu, que já utiliza um sistema de controlo de contentores e os motoristas dos camiões de recolha do lixo são auxiliados por uma plataforma que lhes diz quais os contentores que precisam urgentemente de serem descarregados: “Hoje o itinerário já não funciona por rotina mas sim por urgência”, diz o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, António Almeida Henriques.

 

Inscrições Abertas para o Portugal Exportador 2017

Participe e conheça os passos necessários para que a sua empresa inicie um processo de internacionalização. A sua empresa já é exportadora? Aproveite para alargar os seus horizontes de negócio.

 

Inscrições 2017

Proteger a floresta está nas nossas mãos. Fundação AIP é uma das associadas do movimento ECO.

A Fundação AIP associou-se ao movimento ECO. Este movimento reúne um conjunto de empresas nacionais que cedem os seus meios de divulgação próprios, internos e externos, para transmitir mensagens de prevenção dos incêndios florestais.

A floresta portuguesa desempenha um papel essencial na economia e no desenvolvimento sustentável do país. Por essa razão, são objetivos primordiais do Movimento ECO:

1. Colaborar ativamente na preservação da floresta, um recurso estratégico para o desenvolvimento do país;

2. Consciencializar a sociedade civil para a necessidade de preservar a floresta;

3. Mobilizar os cidadãos para uma atitude de participação cívica ativa na proteção da floresta;

4. Estimular e sensibilizar as empresas e as instituições para a divulgação de mensagens de prevenção de comportamentos de risco junto dos cidadãos;

5. Reduzir o número de incêndios e a área ardida;

Incêndio de Pedrogão Grande: Fundação AIP associa-se aos 3 dias de Luto Nacional

A Fundação AIP não pode deixar de manifestar os seus sentimentos de força, solidariedade e luto, a todas as entidades e pessoas que estão, desde ontem, num clima de tristeza profunda, a combater os incêndios na zona de Pedrogão Grande apoiando aqueles que mais necessitam a nível psicológico e físico.

A Fundação AIP trabalha durante todo o ano, através das suas equipas da FIL e CCL, com todas as regiões de Portugal nos vários eventos que realiza promovendo a excelência dos vários produtos e serviços, mas acima de tudo as pessoas que são o rosto e os grandes alicerces do nosso País.

A FIA Lisboa – Feira Internacional de Artesanato de Lisboa -, prestes a abrir portas, é representativa de toda essa união. É desta forma que nos juntamos a todos os organismos públicos, entidades e pessoas nas suas mais nobres características que são a comunhão de um povo em torno de uma causa

VIRTUAL REALITY PRODUCTS WANTED!

A EMECA (European Major Exhibition Centres Association) pretende encontrar empresas jovens que ofereçam produtos na área da Realidade Virtual para a indústria das Feiras e Congressos.

O melhor projecto irá ganhar 15.000€.

O que se pretende?

Produtos de VR para a indústria das Feiras e Congressos que adicionem valor acrescentado aos organizadores, aos espaços exposicionais e de congressos e aos seus clientes.

Candidate-se agora

É uma jovem, pequena e activa empresa na área de negócio da VR?

Deixe as suas ideias fluírem e candidate-se a ganhar 15.000€ pelo seu projecto

Saiba mais em:

http://www.emeca.eu/news-and-events/emeca/virtual-reality-products-wanted

6-7 Outubro – 8ª edição do “EuCornea Congress2 realiza-se na FIL

A 8ª edição do EuCornea Congress vai realizar-se na FIL entre 6-7 de Outubro 2017

Saber mais

A FIL vai receber o ESCRS entre 7 e 11 de Outubro

O XXXV Congress of the European Society of Cataract and Refractive Surgeons (ESCRS) vai realizar-se na FIL entre os próximos dias  7 e 11 de Outubro.

Mais informações_

A FIL tem um novo website!

http://www.fil.pt

Conceptualmente, o site tem por objectivo divulgar a actividade da #FIL de uma forma clara e objectiva, tendo por base um design moderno e adaptável a todos os dispositivos (PC´s, tablets, smartfones, etc… )

Com este novo website a FIL procura estar mais perto de si, oferecendo uma experiência de navegação simplificada onde o acesso à informação se faz de uma forma rápida e dedutiva.

Muito obrigado por todos os contributos recebidos aos longo deste tempo. Obrigado também à slideshow pelas excelentes imagens do banner da página inicial!

CONDEXPO 2017

O Centro de Congressos de Lisboa vai receber, de 7 a 9 de Abril, o CONDEXPO 2017 – Salão Nacional de Soluções para Condomínios.

Mais informações em www.condexpo.pt

Diverlândia até dia 5 de Fevereiro na FIL

Até dia 5 de Fevereiro a Fil Diverlândia abre as portas à animação, com ambiente agradável, coberto e com parque de estacionamento, todas as sextas-feiras, sábados e domingos.

A FIL não esgota o entusiasmo que a maior feira popular indoor do País tem dado a todos os mais de 120.000 visitantes que têm aproveitado estes dias, para fechar o ano 2016 em beleza. É já esta Sexta Feira, 6 de Janeiro, no fim de semana dos Reis, que a FIL reabre as suas portas ao novo ano, para quem quer iniciar 2017 com alegria e boa disposição com a família e os amigos.